Em Andradas Tribunal do Júri condena mulher por tentar matar a companheira
07/11/2019 07:34 em Regional

 

Nesta terça-feira (05) o Tribunal do Júri condenou em Andradas uma mulher a quatro anos de reclusão. De acordo com os autos do processo, em fevereiro de 2016 a ré se desentendeu com a vítima, sua companheira, e lhe desferiu um golpe de faca no rosto. 

O desentendimento teria ocorrido após a vítima dizer que terminaria o relacionamento com a ré. Durante a agressão um amigo das duas interviu e impediu que algo pior ocorresse. A Polícia Militar foi acionada e prendeu em flagrante a autora, que respondeu o processo em liberdade. 

De acordo com o Promotor de Justiça Wagner Iemine de Carvalho este foi o segundo júri envolvendo o caso. No primeiro a ré foi absolvida, e a Justiça entendeu que a sentença não fazia sentido se comparada com as informações constadas no processo e com as questões respondidas pelos próprios jurados para fundamentar suas decisões. 

O Promotor também comentou a ausência tanto da vítima como da ré neste segundo julgamento. Confira: 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!